RSS Hulha Negra - RS Notícias de Hulha Negra/RS Thu, 20 Jun 2019 13:06:39 -0300 Thu, 20 Jun 2019 13:06:39 -0300 Zend_Feed_Writer 1.12.11 (http://framework.zend.com) https://hulhanegra.rs.gov.br/rss Hulha Negra seleciona 48 trabalhos para a Feira Municipal de Ciências, em julho Tue, 18 Jun 2019 14:41:54 -0300 https://hulhanegra.rs.gov.br/noticia/visualizar/id/1303/?hulha-negra-seleciona-48-trabalhos-para-a-feira-municipal-de-ciencias-em-julho.html https://hulhanegra.rs.gov.br/noticia/visualizar/id/1303/?hulha-negra-seleciona-48-trabalhos-para-a-feira-municipal-de-ciencias-em-julho.html A Prefeitura de Hulha Negra, por meio da secretaria municipal da Educação e Cultura (SMEC), realizou a etapa interna da Feira de Ciência em todas as escolas municipais de Hulha Negra. Foram três dias de muito envolvimento dos alunos da creche municipal Tia Elaine Bastos, e das escolas Monteiro Lobato, Nova Esperança e Auta Gomes.
Os estudantes apresentaram diversas experiências que foram elaboradas em aula. Esta iniciativa tem como o objetivo promover aos alunos conhecimento técnico e científico através do princípio de aprendizado por investigação, e proporcionar experiências, trabalhos em equipe e entusiasmo por novas descobertas, os qualificando como profissionais do futuro.
No dia 12 de junho, a manhã foi dedicada aos alunos da escola Auta Gomes. No dia 13, aconteceu a Feira de Ciências da escola Nova Esperança. Já na sexta-feira (14) foi a vez da escola Monteiro Lobato realizar a Feira, assim como a creche municipal Tia Elaine Bastos que organizou o evento com os ‘pequerruchos’ pela primeira vez.
Uma equipe formada por servidores da Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SMEC) e do Setor de Meio Ambiente foi responsável por avaliar os trabalhos apresentados nos três dias de Feira. Foi selecionado um trabalho por turma e eles serão apresentados na Feira Municipal, a FECIHUNE, que será realizada no dia 18 de julho, no Ginásio Carochão. Para a acadêmica de Licenciatura em Química, Maelí Vinholes, uma das avaliadoras, em geral os trabalhos apresentados pelos alunos estavam muito bem elaborados. “De forma geral me deparei com trabalhos lindos, muito bem fundamentados, realmente surpreendente. Lindo ver o fruto de um trabalho elaborado por eles, confeccionado e estudado”.
Para a secretária de Educação e Cultura, Adriana Martinez Delabary, todas as expectativas da secretaria foram superadas. “Principalmente em relação a apresentação dos alunos, em geral, a explicação dos estudantes e a condução dos trabalhos foram excelente. Eles estavam perfeitos em todos sentidos e isso criou uma expectativa maior para a Feira Municipal” disse a secretária destacando que a equipe da Smec já está concluindo os preparativos para a Fecihune.
O prefeito de Hulha Negra, Renato Machado, visitou as escolas e ficou muito feliz e, de certa forma, surpreso com as apresentações dos alunos. “Os trabalhos estão em excelente nível. Eu fico impressionado com a criatividade desses alunos e com o conhecimento”, disse o prefeito chamando a atenção para o trabalho de um aluno da escola Nova Esperança que desenvolveu um ‘braço hidráulico’.
O prefeito parabenizou a Secretaria de Educação e Cultura e, em especial os professores, pela iniciativa que incentiva a participação dos alunos, em práticas onde a aprendizagem se torna mais abrangente e significativa. "Também há de se destacar que a atividade contribui para a formação dos alunos, que também estão de parabéns pela diversidade de experimentos e pela sua própria criatividade", comentou.

Escola Auta Gomes
No total, a escola municipal Auta Gomes, selecionou 11 trabalhos. Quatro foram selecionados no turno da manhã e o restante no turno da tarde. Pela Educação Infantil foi selecionado dois trabalhos (Pré I e II). Cinco trabalhos foram selecionados no nível Ensino Fundamental Anos Iniciais (1º ao 5º ano) e quatro trabalhos dos Anos Finais do Ensino Fundamental (6º ao 9º ano).
Para a diretora da escola Auta Gomes, Fabiana Lucena Pinheiro, houve muita dedicação e entusiasmo tanto por parte dos alunos, quanto da equipe de professores. Ela conta que todos estavam envolvidos na montagem, na pesquisa e na execução dos trabalhos. “Estamos muito confiantes em avançarmos para a próxima etapa, e gostaríamos de ir além, representar o Município na etapa regional na Universidade Federal do Pampa, a Unipampa Bagé. Devido a qualidade dos trabalhos classificados, todos eles embasados cientificamente”.
A diretora reafirma que os alunos estavam todos motivados “e isso é muito importante para o bom desenvolvimento de trabalhos coletivos, visto que em sua maioria os grupos eram composto por quatro integrantes. Os alunos demonstraram tanto na confecção quanto na apresentação realmente como e trabalhar em equipe, estão todos de parabéns. A escola Auta Gomes sente-se orgulhosa de ser representada por este grupo de 44 alunos na Feira Municipal”, orgulha-se Fabiana.
A diretora conclui que, depois de ter passado por esta etapa interna, a Escola sente-se motivada a dar continuidade nos próximos anos na realização de eventos interdisciplinares como este, visando a integração e articulação das várias áreas do conhecimento, unificando prática e teoria, com o propósito de ‘Revelar Novos Talentos’.

Nova Esperança
Na escola Nova Esperança também foram selecionados 11 trabalhos, sete deles no turno da tarde. Do Pré I ao Nono ano, a equipe avaliativa selecionou um trabalho por turma. A diretora da escola, Rosa Lúcia Soares Martin, conta que é grande a expectativa de participação para a etapa municipal, e que os alunos estão demostrando muito envolvimento e aprendizado com os trabalhos apresentados.
A diretora diz que no turno da manhã a escola estava com uma grande expectativa quanto aos trabalhos apresentados, porém, no momento da apresentação houve bastante nervosismo de alguns alunos e que no turno da tarde, os alunos superaram as expectativas até mesmo aqueles que são menos extrovertidos. Em geral, a diretora avalia que houve grande envolvimento dos alunos e todos foram também incentivados a participar de todas as etapas dos trabalhos.

Monteiro Lobato
A maior escola da rede municipal levará 24 trabalhos para a Feira Municipal. Foram 12 trabalhos selecionados por turno abrangendo as turmas do pré I ao 9º ano. A diretora da instituição, Fernanda Moreira Pereira Ritta, avaliou positivamente os trabalhos elaborados na etapa interna da Feira. “Os trabalhos foram muito bons. Abrangeram as diferentes áreas, tanto das ciências como da matemática. Os alunos estavam bastante organizados e empolgados”, disse a diretora.
Ela conta que o envolvimento dos alunos foi excelente. “Desde a educação infantil aos anos finais os trabalhos foram ótimos e os alunos mostraram que realmente tinham conhecimento do que estava sendo apresentado. Esse resultado também é mérito dos professores que se dedicaram muito nos últimos meses para que a feira fosse um sucesso”, comenta a diretora afirmando que momentos como esse são muito importantes, pois os alunos podem colocar em prática o que aprenderam em sala de aula.
Já em relação a expectativa da escola para a Fecihune, a diretora diz que espera é muito grande e que as pesquisas desenvolvidas serão intensificadas “a fim de apresentarmos trabalhos bem elaborados que classifiquem a Escola para a próxima fase”.

Creche Tia Elaine Bastos
Para a diretora Néri Lopes Pinto, o desafio da instituição começou quando recebeu o convite para participar da feira de ciências. A novidade assustou um pouco, mas foi sendo desfeito o impacto inicial quando os pequenos alunos começaram interagir com o assunto. A creche aproveitou o projeto “As cores do meu mundo”, que está sendo desenvolvido com os alunos, e adaptou a pesquisa na feira. Dois trabalhos foram selecionados com nota máxima e vão participar da Fecihune, em julho.
“Ficamos contentes com o resultado. Cabe salientar que a idades dos nossos alunos são, no máximo, três anos. Vendo eles apresentarem os trabalhos demostrando o total controle sobre o assunto, isso nos enche de orgulho. É um trabalho conjunto que conta a participação de todos. Quero agradecer aos avaliadores, a Smec, a Prefeitura e, principalmente, aos professores. Esta tudo muito lindo”, avaliou a diretora.

Fecihune
Uma parceria da prefeitura de Hulha Negra, por meio da secretaria de Educação e Cultura (SMEC), com a Unipampa, vai resultar na realização da 1ª Fecihune, a Feira de Ciência de Hulha Negra. A feira que vai envolver alunos das escolas municipais e estaduais de Hulha Negra, será realizada no dia 18 de julho, no Ginásio Carochão.
Um dos objetivos da Fecihune é motivar o desenvolvimento de projetos que abordem a temática da feira, principalmente que investiguem as contribuições para a ciência e sociedade que ocorreram após os 50 anos da chegada do homem à lua.
Os trabalhos poderão ser inscritos nas seguintes áreas: Ciências da Natureza e Matemática e suas Tecnologias. A organização da feira incentiva a relação com outras áreas do conhecimento (Ciências Humanas, Linguagens e Códigos e suas Tecnologias). Serão aceitos trabalhos inscritos nas categorias: Educação Infantil, Ensino Fundamental Anos Iniciais (1º ao 5º ano), Ensino Fundamental Anos Finais (6º ao 9º ano), Ensino Médio, e Educação de Jovens e Adultos (EJA). Os trabalhos classificados na Feira Municipal vão representar Hulha Negra na IX Feira de Ciência da Unipampa, em Bagé.
]]>
#MaisUmaObraEmHulhaNegra: Obras com recursos próprios avançam em Hulha Negra Tue, 18 Jun 2019 14:21:28 -0300 https://hulhanegra.rs.gov.br/noticia/visualizar/id/1302/?maisumaobraemhulhanegra-obras-com-recursos-proprios-avancam-em-hulha-negra.html https://hulhanegra.rs.gov.br/noticia/visualizar/id/1302/?maisumaobraemhulhanegra-obras-com-recursos-proprios-avancam-em-hulha-negra.html A movimentação de maquinários em Hulha Negra é um reflexo do constante trabalho que vem sendo desenvolvido no município. Motoniveladoras nas estradas; caminhões caçambas carregados de material da cascalheira; retroescavadeiras rasgando a terra; centenas de bueiros sendo alinhados em baixo da terra permitindo o escoamento correto de água na rede pluvial; quilômetros de rede de esgoto sendo construídas aproximando cada vez mais a meta de saneamento básico total na sede do município; pontes de concreto substituindo antigas travessas de madeiras; rede de iluminação pública recebendo manutenção diária; calçamento sendo construído substituindo históricas vias de terra; esses são algumas ações que exemplificam que Hulha Negra voltou a vivenciar uma realidade: mais uma obra em Hulha Negra.
Nas redes sociais, a assessoria de imprensa do município criou a hashtag #MaisUmaObraEmHulhaNegra que acompanha as postagens relacionadas as obras de infraestrutura no município.
Na tarde desta segunda-feira (17), o engenheiros civis da Construtora Avensi Ltda, responsável pela obra de construção da ponte de concreto da rua Serafim dos Santos e pela obra conclusão da pavimentação da avenida Getúlio Vargas, estiveram reunidos com o prefeito. Jorge Bastian e Miguel Paiva, trataram assuntos relacionados ao início da construção dos banheiros e vestiários para os servidores públicos que será construído no pátio da prefeitura. A obra da ponte da rua Serafim dos Santos e o asfaltamento da Avenida também pautaram o encontro.
Bastiam parabenizou a Administração Municipal pelas obras de infraestrutura e destacou que num momento em que os municípios, em geral, estão com pequenos ou nenhum investimento em obras, Hulha Negra constrói com recursos próprios, do caixa livre do Município.

Mais de R$ 370 mil de investimentos com recursos próprios
O trânsito na rua foi interrompido entre as ruas Josemar Games e Paulo Roberto Baldez. No primeiro dia da obra foi realizado a escavação em um dos lados da antiga ponte de madeira e foi retirado o material pelos caminhões da Prefeitura.
A Prefeitura de Hulha Negra fará uma ponte de concreto para substituir a travessa de madeira sobre o córrego que banha a Sede do município. Esta é a terceira ponte que será construída na sede de Hulha Negra, com recursos próprios do Município.
De acordo com o prefeito, a obra está orçada em R$ 228.163,95; "Esse valor que vai ser investido na construção da ponte é dinheiro que economizamos com uma gestão consciente. É dinheiro que volta em forma de melhorias e investimentos para nossa comunidade", declara o prefeito.
A travessa, feita em concreto armado, terá uma base de 10 metros de largura por 13 metros de comprimento, com área para pedestres, de 1,5 metros em ambos os lados, semelhante à ponte da rua Laudelino da Costa Medeiros. A estrutura da ponte terá o estilo pré-moldada e apenas a concretagem da base será feita no local. A obra conta com uma emenda impositiva (do caixa livre do município) no valor de R$ 75.456,04, de autoria dos vereadores Getúlio Porto, Elizangela Coitinho, Josias Vidarte, Ronaldo Pereira e Jorge Coelho.
Já os banheiros e vestiários terão uma área construída de 74,27m². A construção vai beneficiar os servidores do município, principalmente os servidores das secretarias de Obras e Agropecuária. A execução da obra está prevista em R$ 141.186,04, com duas emendas impositivas de R$ 70 mil cada. A primeira emenda é de 2018 e traz a indicação dos ve readores Elizangela Coitinho, Getúlio Porto, Marcus Leitzke, Ronaldo Pereira e Wagner Tavares. Já a segunda emenda, a de 2019 (adiantada pela prefeitura de Hulha Negra), é indicação dos vereadores Elizangela Coitinho, Getúlio Porto, Marcus Leitzke, Ronaldo Pereira e Jorge Coelho.

Pavimentação
O processo de pavimentação da avenida Getúlio Vargas, principal via da zona urbana de Hulha Negra, está na fase final. A obra está sendo realiza pela construtora Avensi, de Canoas, que venceu a licitação para o serviço. A obra é orçada em R$ 405 mil e é realizada com blocos de concreto intertravado, com espessura de oito centímetros. A pavimentação ainda conta com meio-fio e calçadas com pavimentação táctil, em duas áreas, sendo uma de 2.677,81 metros quadrados (m²) e outra de 1.676,28 m².
]]>
Fique atento ao prazo do alistamento militar Mon, 17 Jun 2019 13:51:44 -0300 https://hulhanegra.rs.gov.br/noticia/visualizar/id/1301/?fique-atento-ao-prazo-do-alistamento-militar.html https://hulhanegra.rs.gov.br/noticia/visualizar/id/1301/?fique-atento-ao-prazo-do-alistamento-militar.html Encerra no dia 28 de junho o prazo para que jovens que completarão 18 anos em 2019 se alistem para o serviço militar obrigatório. A inscrição pode ser feita pelo site www.alistamento.eb.mil.br ou pessoalmente na Junta de Serviço Militar. Em Hulha Negra a Junta Militar está em anexo a secretaria municipal de Agricultura.
O alistamento é obrigatório para jovens do sexo masculino, mas, constitucionalmente, as Forças Armadas (Aeronáutica, Exército e Marinha) devem atribuir serviço alternativo às atividades de caráter essencialmente militar para os candidatos que alegarem “imperativo de consciência” para não prestar serviço militar por crença religiosa ou convicção filosófica ou política.
O jovem que não se alistar pode ser punido com uma multa cujo valor varia conforme o tempo decorrido até que se apresente à Junta Militar. Além disso, quem não regulariza sua situação pode ser impedido de tirar passaporte, ser empossado em cargo público, entre outras sanções.
Segundo o Ministério da Defesa, além de prover e capacitar quadros para as Forças Armadas (Aeronáutica, Exército e Marinha), o Serviço Militar “é um importante instrumento de afirmação da unidade nacional”.
Seleção
Feito o alistamento, os inscritos deverão ficar atentos à data em que deverão comparecer para participar do processo de seleção que, habitualmente, ocorre de fevereiro a novembro. A data para o comparecimento à Comissão de Seleção deve ser consultada no mesmo site de alistamento.
De acordo com o Ministério da Defesa, os recrutas são escolhidos por dois critérios principais. O primeiro é a combinação do vigor físico com a capacidade analítica, medida de maneira independente do nível de informação ou de formação cultural. O segundo é o da representação de todas as classes sociais e regiões do país. A seleção também leva em conta aspectos culturais, psicológicos e morais.
]]>
Prefeito de Hulha Negra assume cargo na diretoria da Associação dos Municípios do Pampa Gaúcho Sat, 15 Jun 2019 00:06:25 -0300 https://hulhanegra.rs.gov.br/noticia/visualizar/id/1300/?prefeito-de-hulha-negra-assume-cargo-na-diretoria-da-associacao-dos-municipios-do-pampa-gaucho.html https://hulhanegra.rs.gov.br/noticia/visualizar/id/1300/?prefeito-de-hulha-negra-assume-cargo-na-diretoria-da-associacao-dos-municipios-do-pampa-gaucho.html Nesta sexta-feira (14), aconteceu a posse da nova diretoria da Associação dos Municípios do Pampa Gaúcho, composta por Hulha Negra, Aceguá, Bagé, Caçapava do Sul, Candiota, Dom Pedrito e Lavras do Sul.
Pela manhã, por volta das 9h, prefeitos e convidados foram recepcionados com tour guiado na Guatambu Estância do Vinho, onde puderam conhecer a primeira vinícola da América Latina movida a energia solar.
Logo depois, no salão nobre da Prefeitura, os chefes dos Executivos Municipais, se reuniram para discussão das pautas que serão trabalhadas no novo mandato da Associação, num total de 10 assuntos, nas áreas de economia, infraestrutura, geração de emprego, turismo, agricultura e pecuária.
O prefeito de Hulha Negra, Renato Machado, inseriu nas pautas a atenção para o asfaltamento da estrada que liga a BR 293 até a planta hulhanegrense do frigorífico Marfrig e água potável para o município.
Ao mesmo tempo, no Centro Juvenil Aníbal Bastos, aconteceu uma programação especial voltada para as primeiras-damas e secretários municipais, em especial das pastas de Educação e Assistência Social.
Ao meio-dia, depois de ouvirem a declamação da 1ª Prenda Mirim da Coordenadoria Municipal de Tradicionalismo, Maria Cecília Chelotti, com acompanhamento do professor do Instituto Artístico Carlos Gomes, Lissandro Peres, foi realizada a posse da nova diretoria, que ficou assim constituída:
Presidente: Mário Augusto de Freire Gonçalves, prefeito de Dom Pedrito.
Vice-presidente: Sávio Prestes, prefeito de Lavras do Sul.
Secretário-geral: Giovani Amestoy, prefeito de Caçapava do Sul.
Tesoureiro: Renato Machado, prefeito de Hulha Negra.
Conselho fiscal: Divaldo Lara, prefeito de Bagé; Gerhard Martens, prefeito de Aceguá e Adriano Castro dos Santos, prefeito de Candiota.
Além do comparecimento dos prefeitos, vice-prefeitos e secretários das cidades da Associação do Pampa Gaúcha, a cerimônia contou com a presença do presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Luís Augusto Lara, vereadores de Dom Pedrito, equipe de Governo e representantes do Sindicato Rural, Associação dos Usuários da Água da Bacia Hidrográfica do Rio Santa Maria, OAB subseção local, Unipampa, Liga Feminina de Combate ao Câncer, Rotary Clube Dom Pedrito, Rotary Clube Ponche Verde, Lions Clube e representantes do deputado federal Afonso Hamm.
O vice-prefeito de Bagé, Manoel Machado, que na oportunidade representou o prefeito Divaldo Lara, falou da importância de manter a Associação forte e unida.
O presidente da Assembleia Legislativa, Luís Augusto Lara, fez uso da palavra, assim como o prefeito Mário Augusto que, já na condição de presidente da Associação do Pampa Gaúcho, ressaltou as peculiaridades e as potencialidades de toda região e ressaltou a importância de lutarem juntos por demandas comuns em áreas em que a região é tão carente.
]]>
Prefeitura de Hulha Negra dá início as obra de construção da ponte da rua Serafim dos Santos Fri, 14 Jun 2019 06:31:28 -0300 https://hulhanegra.rs.gov.br/noticia/visualizar/id/1299/?prefeitura-de-hulha-negra-da-inicio-as-obra-de-construcao-da-ponte-da-rua-serafim-dos-santos.html https://hulhanegra.rs.gov.br/noticia/visualizar/id/1299/?prefeitura-de-hulha-negra-da-inicio-as-obra-de-construcao-da-ponte-da-rua-serafim-dos-santos.html As obras da construção da ponte da rua Serafim dos Santos começaram nesta terça-feira (11). O trânsito na rua foi interrompido entre as ruas Josemar Games e Paulo Roberto Baldez. No primeiro dia da obra foi realizado a escavação em um dos lados da antiga ponte de madeira e foi retirado o material pelos caminhões da Prefeitura.
A Prefeitura de Hulha Negra fará uma ponte de concreto para substituir a travessa de madeira sobre o córrego que banha a Sede do município. Esta é a terceira ponte que será construída na sede de Hulha Negra, com recursos próprios do Município.
 
De acordo com o prefeito de Hulha Negra, Renato Machado, a obra está orçada em R$ 228.163,95; "Esse valor que vai ser investido na construção da ponte é dinheiro que economizamos com uma gestão consciente. É dinheiro que volta em forma de melhorias e investimentos para nossa comunidade", declara o prefeito.
A travessa, feita em concreto armado, terá uma base de 10 metros de largura por 13 metros de comprimento, com área para pedestres, de 1,5 metros em ambos os lados, semelhante à ponte da rua Laudelino da Costa Medeiros. A estrutura da ponte terá o estilo pré-moldada e apenas a concretagem da base será feita no local. A obra conta com uma emenda impositiva (do caixa livre do município) no valor de R$ 75.456,04, de autoria dos vereadores Getúlio Porto, Elizangela Coitinho, Josias Vidarte, Ronaldo Pereira e Jorge Coelho.
O vice-prefeito de Hulha Negra. Marco Igor Ballejo Canto, comemora mais uma obra no município. "É uma estrutura com a mesma qualidade da ponte da rua Laudelino e ficamos contentes por essas obras, que só trazem benefícios para nossa comunidade", disse Canto.
]]>
Prefeitura realiza capacitação de servidores da secretaria municipal de Saúde Fri, 14 Jun 2019 06:23:50 -0300 https://hulhanegra.rs.gov.br/noticia/visualizar/id/1298/?prefeitura-realiza-capacitacao-de-servidores-da-secretaria-municipal-de-saude.html https://hulhanegra.rs.gov.br/noticia/visualizar/id/1298/?prefeitura-realiza-capacitacao-de-servidores-da-secretaria-municipal-de-saude.html A Prefeitura de Hulha Negra está promovendo desde quarta-feira (12) um treinamento sobre o e-SUS AB (Atenção Básica), que é uma plataforma de prontuário eletrônico da Atenção Básica. As atividades que estão sendo realizada no Polo da Universidade Aberta do Brasil encerram hoje, sexta-feira (14). A capacitação é direcionada aos profissionais digitadores e enfermeiros, profissionais dos programa ESF Sede e ESF Rural, profissionais da Unidade Básica de Saúde, e profissionais da área de informática. O e-SUS AB busca reestruturar e integrar as informações a fim de qualificar a assistência da Atenção Primária em relação à compra de medicamentos, controle de exames, funções epidemiológicas, estatísticas e outros serviços.
O secretário municipal de Saúde, Volnei Jorge, ressalta que todos os atendimentos realizados nas Unidades devem ser lançados no e-SUS. “Esse treinamento visa otimizar o preenchimento dessas fichas e também o lançamento desses dados corretamente. Tendo os dados, a gente estará lançando a produção de todos os profissionais, visando o recebimento de recursos financeiros para a Atenção Básica”, explica o secretário.
O vice-prefeito, Marco Igor Ballejo Canto, participou da abertura da abertura da capacitação e completa que essa ação é muito importante para os servidores da saúde “aprenderem a preencher os formulários de forma correta para alimentar a base de dados do ESUS de forma qualificada, porque sem qualidade da informação a gente não tem como fazer gestão da saúde”.
O treinamento está sendo ministrado por Bruno Tavares, de Porto Alegre (empresa Bin Helper), e tem como objetivo habilitar os profissionais para o uso do Sistema E-SUS. O E-SUS Atenção Básica (AB) é o novo sistema da AB que substitui o SIAB. Para atender os diversos cenários de informatização e conectividade nos serviços de saúde, são oferecidos dois sistemas de software que podem operar desde uma Unidade de Saúde sem computador, com o sistema com Coleta de Dados Simplificada (CDS) a partir do uso de fichas, até uma Unidade com computador nos consultórios e salas de atendimento, usando o sistema com Prontuário Eletrônico do Cidadão (PEC).
O ESUS-PEC (Prontuário Eletrônico do Cidadão) é um grande avanço para a Atenção Básica Municipal, uma vez que a produção beneficiadas com atendimentos médicos, de enfermagem e todos os cuidados dispensados serão informados digitalmente e enviados ao Ministério da Saúde. Para garantir a qualidade do processo de informação dos dados e utilização do PEC fez-se necessária capacitação dos profissionais envolvidos.
]]>
Agroindústria diversificada: Hulha Negra avança na produção de ovos coloniais Wed, 12 Jun 2019 08:26:40 -0300 https://hulhanegra.rs.gov.br/noticia/visualizar/id/1296/?agroindustria-diversificada-hulha-negra-avanca-na-producao-de-ovos-coloniais.html https://hulhanegra.rs.gov.br/noticia/visualizar/id/1296/?agroindustria-diversificada-hulha-negra-avanca-na-producao-de-ovos-coloniais.html A possibilidade da avicultura colonial ser uma alternativa de fonte de renda aos agricultores familiares foi apresentada ao produtores de Hulha Negra. A prefeitura de Hulha Negra, por meio da secretaria municipal de Agropecuária, proporcionou para um grupo de 12 produtores a participação no Dia de Campo em Avicultura Colonial. O encontro aconteceu na sexta-feira (07,06), na Embrapa Clima Temperado, em Pelotas, e no Aviário Recanto do Negrinho do Pastoreio, em Morro Redondo. O secretário Luís Fernando Lima foi acompanhado do chefe do escritório hulhanegrense da Emater/RS-Ascar, Guilherme Zorzi, e colaboradores da Emater de Hulha Negra e de Dom Pedrito. O secretário destaca que a Emater é uma instituição parceira em prol do produtor de Hulha Negra.
O secretário Luis Fernando de Lima conta que a busca por alternativa viável para comercialização de ovos no município iniciou ainda no ano passado, quando secretário e o médico veterinário, Marcus Leitzke, acompanharam produtores de Hulha Negra em uma visita a Santana do Livramento. “Os aviários que encontramos em Santana do Livramento não era o que esperávamos, estava longe de nossa realidade pois eram aviários com mais de 10 mil animais. Visitamos Venâncio Aires e também não encontramos o que queríamos. Estávamos a procura de um sistema que fosse menor e simples, porém produtivo e rentável”, disse o secretário.
Luis Fernando conta que durante a visita à ExpoAgro Afubra, em março, foi apresentado ao pesquisador João Pedro Zabaleta. Na conversa, o pesquisador informou que a Embrapa Clima Temperado trabalha com esse sistema de produção de ovos coloniais e faz inúmeras pesquisas na área. Zabaleta explicou que a Embrapa Clima Temperado, em parceria com outras instituições públicas e privadas, realiza pesquisas e ações de desenvolvimento nas áreas de avicultura colonial e avicultura orgânica. Disse ainda que a instituição busca, com isso, geração de renda na agricultura familiar, evolução tecnológica da agroecologia e maior oferta de alimentos diferenciados em termos de produção para os consumidores. Acompanhado do médico veterinário Marcus Leitzke, o secretário Luis Fernando visitou a Embrapa e marcou o encontro com os produtores para o Dia de Campo.
Dia de Campo
Um dos objetivos do Dia de Campo foi o de apresentar aos produtores uma alternativa viável para diversificação das atividades dos agricultores familiares, contribuindo para o desenvolvimento da agricultura familiar no município. Pela manhã, a programação contou com uma palestra sobre o projeto de Avicultura pelo pesquisador João Pedro Zabaleta. Já a tarde o grupo participou de uma visitação ao aviário do Recanto Negrinho do Pastoreio, localizado na Colônia Açoita Cavalo, interior de Morro Redondo, dos proprietários Solange Cruz, Daltro Cruz, e dos filhos Mauricio e Murilo.
A avicultura colonial tem como grande destaque a rentabilidade superior a da maioria das outras atividades do campo. O investimento necessário fica na casa dos R$ 5 mil e um quarto de hectare de terra já é o suficiente. Em relação à mão-de-obra, uma pessoa consegue conduzir a produção sem dificuldades. O aviário visitado tem capacidade para até 250 galinhas. Hoje, a produtora tem 200 animais e este empreendimento está dentro do procurado pelos produtores do município.
“A avicultura oferece uma estabilidade ao agricultor. Gera um salário mínimo por mês à família, precisa de pouca mão-de-obra, não exige esforço físico e garante receita constante, pois há comercialização de aves durante o ano todo”, expôs o pesquisador.
No sistema colonial, as aves são criadas em confinamento até os 28 dias de vida e soltas em piquetes após este período. Surge aí uma das principais diferenças da avicultura colonial para a convencional: as aves têm livre acesso, durante o dia, a um piquete ao redor do aviário, onde terão pasto, sombra e espaço para caminhar. A rotina diferenciada proporciona maior bem estar aos animais, diminuindo o nível de tensão e o risco de doenças.
Rentável para Hulha Negra
Segundo o secretário Luiz Fernando, pelo menos três produtores vão iniciar a produção de um aviário em Hulha Negra. Uma questão que desperta a atenção de agricultores e estimula o desenvolvimento da avicultura colonial é a crescente procura dos consumidores por produtos colonias ou agroecológicos. Ou seja, por produtos livres (ou com menores teores) de resíduos de agrotóxicos e baseados em modelos de produção que avancem na direção da sustentabilidade ambiental, social e econômica.
O prefeito de Hulha Negra, Renato Machado, diz que a Administração Municipal tem a consciência de que além de agregar renda e contribuir com questões ambientais e sociais, a avicultura colonial é fundamental para a segurança alimentar e a diversificação da matriz produtiva. “Hoje, nenhum produtor do município está habilitado para vender ovos coloniais em Hulha Negra. Por isso nossa proposta em proporcionar para os nossos produtores a possibilidade de uma nova renda. Temos a certeza de que em breve vamos inaugurar agroindústrias de ovos em Hulha Negra”, garante o prefeito.
]]>
Comissão prepara o início da divulgação da 24ª Festa do Colono de Hulha Negra Mon, 10 Jun 2019 08:24:49 -0300 https://hulhanegra.rs.gov.br/noticia/visualizar/id/1295/?comissao-prepara-o-inicio-da-divulgacao-da-24a-festa-do-colono-de-hulha-negra.html https://hulhanegra.rs.gov.br/noticia/visualizar/id/1295/?comissao-prepara-o-inicio-da-divulgacao-da-24a-festa-do-colono-de-hulha-negra.html Com previsão para ocorrer nos dias 9, 10 e 11 de agosto, a Festa do Colono, em Hulha Negra, já iniciou. Ou, ao menos, a sua preparação. Uma comissão formada por secretários municipais, servidores do município e Emater já trabalha com a meta de finalizar a programação e iniciar a divulgação do evento.
Na terça-feira (04) a Comissão esteve reunidos com pastores e representantes da comunidade evangélica do município. A pauta do encontro foi alinhar a programação da Noite Gospel, evento tradicional que abre o primeiro dos três dias de festa.
Na quarta-feira (05), as soberanas, acompanhadas da secretária municipal de Educação e Cultura, Adriana Martinez Delabary, e da coordenadora pedagógica, Silene Comin, estiveram na Capital Nacional do Doce, para fazer o último ajuste nos vestidos. O material desenhado e confeccionado exclusivamente para a Festa contou com a assinatura da loja Luxo Belle.
Já na tarde desta sexta-feira (07), o presidente da Comissão Organizadora da festa, Marco Igor Ballejo Canto, estará reunido com a secretária Adriana Delabary, para ajustar os detalhes da confecção do material midiático da festa.
Entre as novidades da festa, o presidente da Comissão Organizadora adiantou que pretende expor alguns vestidos das soberanas de edições anteriores. A ideia é que os vestidos fiquem expostos no estande destinado ao Gabinete do Prefeito.
Outra novidade é relacionada ao café colonial. A ideia é que o público circule ao redor do espaço destinado à culinária. A mudança de "layout" também deve ocorrer em outros espaços, segundo o vice-prefeito, mas sempre com destaque para o café, que é a principal atração da mostra. São mais de 120 produtos disponíveis para saborear: é a principal vitrine da produção de Hulha Negra. Canto comenta que a organização da festa começou mais cedo neste ano pensando justamente nestas mudanças.
]]>
Prefeitura de Hulha Negra avança mais uma etapa na regularização da Área Verde Mon, 10 Jun 2019 08:22:29 -0300 https://hulhanegra.rs.gov.br/noticia/visualizar/id/1294/?prefeitura-de-hulha-negra-avanca-mais-uma-etapa-na-regularizacao-da-area-verde.html https://hulhanegra.rs.gov.br/noticia/visualizar/id/1294/?prefeitura-de-hulha-negra-avanca-mais-uma-etapa-na-regularizacao-da-area-verde.html Prefeitura vai dar início na medição dos terrenos da área verde da sede no município
A Administração Municipal de Hulha Negra avança mais uma etapa na caminhada para a regularização das áreas verde do município. Na manhã desta quarta-feira (05), o prefeito de Hulha Negra, Renato Machado, acompanhado da procuradora jurídica do município, Dirce Medeiros, o chefe de gabinete, Elias Scoto Ritta, e da secretária municipal de assistência social, Elisete Brasil, anunciou que o próximo passo para regularizar a área verde da sede do município é o levantamento topográfico dos lotes, bem como a medição de cada terreno.
Em reunião realizada no dia 18 de dezembro de 2018, no Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, em Porto Alegre, atendendo aos condicionantes da Cessão de Uso firmada entre o Município e a extinta Rede Ferroviária Federal (RFFSA), além do levantamento social (parecer técnico), foi solicitado ao Município um relatório explicativo das ações de urbanização que contemplam a área, tais como serviços de iluminação pública, recolhimento de lixo, rede de água, saneamento em 70% da área em questão e arruamento padronizado.
Conforme o prefeito Renato Machado, a caminhada rumo a regularização da área verde está avançando para a conclusão. O chefe do Executivo Municipal salienta ainda que essa conquista vai de encontro com uma das prioridades do município. “Estamos na busca da organização urbana do município, e este é um processo que começamos ainda no nosso mandato anterior. São várias as etapas burocráticas, porém, com cuidado e zelo estamos nos direcionando para a melhor etapa para os moradores daquela área: a regularização total”, destaca o prefeito expressando a satisfação que a Administração tem em contribuir para que os moradores da área verde possam regularizar suas matrículas.
A prefeitura de Hulha Negra, por meio da secretaria municipal de Assistência Social, realizou um parecer técnico da área verde. Durante visitas domiciliares realizadas pelas técnicas sociais do Centro de Referência em Assistência Social – CRAS foram aplicados questionários para coletar dados pessoais e familiares de cada morador/proprietário do imóvel. O estudo identificou um total de 74 proprietários de terrenos nas áreas.
A primeira etapa do processo de regularização da área verde iniciou ainda em na Administração 2009/2012, quando prefeito Renato Machado era Chefe do Executivo. Os avanços nas negociações começaram com o cadastro de quem ocupou a área que pertencia a extinta RFFSA. A segunda parte das negociações foi marcada pelo cumprimento das exigências ao Município em oferecer ações de urbanização na área ocupada, seguida da apresentação do levantamento social e levantamento topográfico da área, bem como a medição de cada um dos terrenos da área.
Atualmente a Prefeitura de Hulha Negra possui a cessão de uso gratuito de três áreas. A primeira área contempla 28.972m². A segunda área tem um total de 10.911m². Essas duas contemplam as áreas onde há imóveis, na continuação da rua Álvaro Lopes Brasil e arredores do prédio que era da antiga CESA. Já a terceira área tem a extensão de 20.880m² e contempla parte do espaço onde está sendo construído o terminal rodoviário de Hulha Negra.
]]>
Prefeitura de Hulha Negra auxilia na construção de um pomar em escola da Trigolândia Mon, 10 Jun 2019 08:20:05 -0300 https://hulhanegra.rs.gov.br/noticia/visualizar/id/1293/?prefeitura-de-hulha-negra-auxilia-na-construcao-de-um-pomar-em-escola-da-trigolandia.html https://hulhanegra.rs.gov.br/noticia/visualizar/id/1293/?prefeitura-de-hulha-negra-auxilia-na-construcao-de-um-pomar-em-escola-da-trigolandia.html Na manhã desta quarta-feira (05), o secretário municipal de Agricultura de Hulha Negra, Luiz Fernando de Lima, acompanhado do geólogo, Guilherme Lapinski, esteve no lançamento do projeto de construção de um pomar na escola Manoel Lucas de Oliveira, na Trigolândia.
Conforme o professor de geografia, Antônio Silveira da Cunha, a iniciativa do pomar vai trabalhar com os alunos as questões ambiental, florestamento e produção de alimentos. “Nossa escola tem essa tipologia rural, então, na prática, pretendemos disseminar a proposta de alimentação saudável livre de agrotóxico. Vamos começar com um pomar mas, pode se evoluir para uma horta e até mesmo atividades de ajardinamento e ornamentação da escola”, disse o professor.
A prefeitura de Hulha Negra, por meio da secretaria municipal de Agropecuária, já realizou a preparação do solo do pomar que terá área inicial de aproximadamente 600m². Foi realizado um subsolagem com aradora e, posteriormente, a utilização da encanteradeira. A secretária de Agropecuária ainda articulou a doação de 20 mudas de árvores frutíferas: laranjeira, bergamoteira, goiabeira e caquizeiro. Outra ação da prefeitura será a limpeza e recuperação do açude para fornecer irrigação ao pomar.
O secretário Luiz Fernando de Lima conta que estudou nesta escola na década de 80, época que existia pomar e horta. Ele lembra que o envolvimento dos alunos era de extrema importância e que, quando concluiu o ensino escolar, ingressou na escola técnica agropecuária. “Os alunos estão meio rural e na maioria das vezes não comem um fruta produzida aqui em razão de uma ideia errada de que não se produz frutas na nossa região. Precisamos saber como e quais frutas podem se desenvolver na nossa terra e nada melhor que este estudo começar na base escolar”, disse o secretário destacando que a secretaria de Agropecuária está a disposição para auxiliar em projetos e programas relacionados ao campo.
Além dos professores da escola, o projeto destinado aos alunos firmou parceria com o escritório local da Emater-RS/Ascar.
]]>